Como tudo, cozinhar tem diferentes conceitos, estes diferem de pessoa para pessoa, e com tal, há que goste, há quem não goste, há quem ache uma verdadeira seca e há quem adore... são opiniões, e apesar de cozinhar ser a minha verdadeira paixão, não torna este facto discutível... embora sinceramente me custe muito a perceber como é que é possível haver quem não se sinta contagiado pela fascinante arte de cozinhar, de conjugar aromas, sabores, cores e perfumes, de todo o ritual da preparação de um prato, da emoção e excitação de procurar um perfeito equilíbrio dos ingredientes e assim ver nascer novos sabores, pratos, cozinhas, de não ficar maravilhado com toda a alquimia, quase magia que se passa numa cozinha.... Mas, enfim são opiniões!! No entanto o que não é discutível é o prazer da mesa, porque sejamos sinceros, quem não encontra alegria em prato algum, têm um grave problema, pois o tempo em que a alimentação era um mero acto de subsistência já lá vai há muito.....  E assim porque o mundo da cozinha é vasto, para todos os que não gostam de cozinhar, para todos os que não têm tempo e para todos os outros não queria deixar de partilhar uma cozinha inventiva, original, alegre, colorida, musical, e muito... minha!!!

sexta-feira, 15 de Julho de 2011

Com pouco me inspiras....



Foi mais ou menos a uma semana que comprei o meu novo maravilhoso creme hidratante para o corpo, é da minha marca preferida, o Boticário, e é de pistáchio e menta!! O resultado é que andava completamente louca com o creme, é fresco, suave e tem um aroma delicioso... de tal maneira delicioso que só apetece comer!! E foi assim que surgiu uma nova sobremesa, uma mousse de pistáchio e menta muito leve, muito fresca, muito aromático e muito cremosa!!! Sem dúvida nenhuma uma das melhores sobremesas que já criei!! Isto só para dizer que às vezes das mais pequenas e simples coisas podem surgiram inspirações para criações absolutamente fantásticas, mesmo que a partida não estejam necessariamente ligadas à cozinha, como o exemplo deste fantástico creme hidratante!! O segredo é deixarmo-nos levar, e dar asas à imaginação, às vezes as coisas podem não ser tão lineares, mas a meu ver pode nos levar sempre a bons desafios o que torna tudo ainda mais excitante!! Mas o que é bom em cozinha, é que mais cedo ou mais tarde, um bom incentivo, leva sempre a algo soberbo!! E por isso deixo vos aqui com a minha magnifica e fantástica mousse de pistáchios e menta baseada no melhor creme hidratante do mundo!!! 

P.S. e como eu sou gorda e gulosa não consegui deixar de juntar uma raspas de chocolate ;)



segunda-feira, 4 de Julho de 2011

3 é a conta que Deus fez - Saladas de 3 ingredientes



Salada de Acelgas com Abóbora Assada e Beterraba


Salada de figos com presunto e rúcula

Chega o calor e automaticamente as saladas começam a ser uma excelente opção, são frescas, leves, rápidas e tudo o que se quer. No entanto é normal que no começo da estação as comecemos por fazer com mil ingredientes, e ao fim de pouco tempo já estamos fartos porque já esgotamos todas as hipóteses e acabamos por andar sempre há volta do mesmo. É essencial não sobrecarregar os pratos, um prato simples não deixa de ser delicioso se escolhermos os ingredientes e assim temos uma enorme variedade. Por tanto hoje tentei deixar-vos ideias originais de saladas apenas com três ingredientes. 







Salada de Endívias com Roquefort e Nozes


No que toca as saladas, na minha opinião existem três pontos essenciais: a frescura dos ingredientes, conseguir obter uma diferença notável de texturas (para não ter a sensação ao fim de um tempo que nos torna-mos uns grilinhos) e por último como os olhos também comem, cor, estes três têm que claro criar uma óptima combinação a termos de sabor, criando se possível contrastes e casamentos perfeitos!! Depois é só criar ao vosso gosto, agora por favor explorem bem as saladas, escolham primeiro a base da salada e não se limitem só a alfaces e rúculas, experimentem agriões, canónigos, espinafres frescos, acelgas, chicória, radicchio, massa, arroz, quinoa, lentilhas, cous-cous, batatas (cozidas ou assadas) ou mesmo legumes (cozidos ou assados), feijões e grão. O ponto a seguir é pensar no ou nos ingredientes principais, pode ser carne ou peixe (e não se cingam só ao frango grelhado e ao salmão fumado, atum fresco selado fica maravilhoso, assim como bacalhau, ou um peixe branco grelhado, ou na carne rosbeaf, pato assado, enchidos ou carnes frias...), os legumes já sabem a lista infindável mas não se esqueçam de legumes como os rabanetes, os rebentos ou a beterraba que são deliciosos e tantas vezes esquecidos, mais uma vez os legumes que não são tão apreciados frescos, podem também ser adicionados como courgette grelhada, brócolos e couve-flor cozidos, abóbora assada, pimentos assados.... Temos também a fruta que é uma opção fantástica muito fresca e cria fabulosos contrastes, e penso que não há nenhuma fruta que não fique bem de alguma forma nas saladas!! As ervas aromáticas ficam excelentes em saladas também sejam apenas alguns coentros misturados na alface ou se forem apreciadores de sabores fortes podem até ser utilizadas como base em algumas saladas. Depois temos, os queijos, os frutos secos e as sementes, os croutons (os últimos são perfeitos para criar contrastes de textura) e por fim os molhos, sejam eles vinagretes,molho cocktail, molhos de alho, molhos agridoce, molhos com base de iogurte, ou simplesmente um bom azeite e um vinagre que gostem, visto que existem tantos e todos com sabores diferentes.


Salada de Melância com Rúcula e Queijo Fetta



E assim criam saladas fantásticas como:
Salada de acelgas com abóbora assada e beterraba
Salada de cenoura, com sultanas e molho de citrinos
Salada de melancia, queijo fetta e rúcula
Salada de endívias, com nozes e roquefort
Salada de tomate, mozarela e manjericão (caprese)
Salada de batatas com mostarda antiga e pickles
Salada de orichetti (massa) com pesto e tomate seco
Salada de pisseli (massa) com alcachofras e molho de tomate e azeitonas
Salada de cous-cous com uvas e frutos secos
Salada de rabanetes com coentros e romã
Salada de courgettes grelhadas, queijo fetta e hortelã
Salada de feijão-verde com cebola roxa e amêndoas
Salada de espinafres com magret de pato e laranja
Salada de pato com pêssegos e avelãs
Salada de rúcula, presunto e figos
Salada de rebentos de soja com peru grelhado e cajus
Salada de frango grelhado com brócolos e couve-flor
Salada de favas com linguiça e hortelã
Salada de borrego com menta e romã
Salada de espargos com gambas e manga
Salada de sapateira, aipo e maçã verde
Salada de abacate, papaia e surimi
Salada de arroz de açafrão com atum selado e pimentos assados
Salada de penne (massa), salmão fumado e queijo creme 
Salada de alface romana com anchovas e parmesão
Salada de farfalhe com atum e alcaparras
Salada de polvo com pimentos e cebola picada
Salada de truta fumada com uvas e alcaparra

E aqui tem algumas ideias simples, mas acreditem todas elas deliciosas para servir como entradas ou mesmo como prato principal a qualquer altura tanto para um jantar em família, como para um almoço de amigos ou mesmo num jantar especial. 



Salada de cenoura com sultanas e molho de citrinos

Boas saladas ;)