Como tudo, cozinhar tem diferentes conceitos, estes diferem de pessoa para pessoa, e com tal, há que goste, há quem não goste, há quem ache uma verdadeira seca e há quem adore... são opiniões, e apesar de cozinhar ser a minha verdadeira paixão, não torna este facto discutível... embora sinceramente me custe muito a perceber como é que é possível haver quem não se sinta contagiado pela fascinante arte de cozinhar, de conjugar aromas, sabores, cores e perfumes, de todo o ritual da preparação de um prato, da emoção e excitação de procurar um perfeito equilíbrio dos ingredientes e assim ver nascer novos sabores, pratos, cozinhas, de não ficar maravilhado com toda a alquimia, quase magia que se passa numa cozinha.... Mas, enfim são opiniões!! No entanto o que não é discutível é o prazer da mesa, porque sejamos sinceros, quem não encontra alegria em prato algum, têm um grave problema, pois o tempo em que a alimentação era um mero acto de subsistência já lá vai há muito.....  E assim porque o mundo da cozinha é vasto, para todos os que não gostam de cozinhar, para todos os que não têm tempo e para todos os outros não queria deixar de partilhar uma cozinha inventiva, original, alegre, colorida, musical, e muito... minha!!!

domingo, 13 de março de 2011

Cremes - Brulée, Catalã e o Leite


Desde a uns tempos que os restaurantes começaram a colocar nas cartas nomes mais sonantes, principalmente se forem em outras línguas.  Sou completamente a favor de enaltecer os pratos, e as vezes muitos torcem o nariz se um prato for simples, o que não quer dizer que não seja maravilhoso, e dando uns toquezinhos no nome já parece outra coisa, mas é completamente diferente quando alteram os nomes dos pratos para dar uma conclusão errada, isso não podia ser mais contra!! Muitas vezes o tradicional leite creme passa a creme brulée... soa muito melhor, muito mais chiq, e realmente se pensarmos a tradução à letra é leite creme queimado, por isso vai passando, mas um creme brulée não é o mesmo que um leite creme e não deve ser considerado como tal!!!




O tradicional leite creme é feito com ovos, açúcar, leite e um pouco de maisena para engrossar, para aromatizar há quem ponha um pau de canela, uma casca de laranja, uma casca de limão ou baunilha, e é feito em lume brando. O creme brulée é feito com açúcar, ovos e creme fraiche e é aromatizado obrigatoriamente com baunilha, o creme fraiche é fervido com a baunilha, e depois de se ter juntado os outros ingredientes vai a cozer em banho maria. Como podem imaginar a consistência é completamente diferente (para não falar no sabor), enquanto a textura de um leite creme é cremoso e tem uma cor amarelo pálido, o creme brulée é quase como um pudim, com uma cor bastante mais alaranjada e é possível que fique com umas manchas na sua cozedura. Tanto um como o outro são queimados por cima, o leite creme tradicionalmente é queimado com um ferro, e o creme brulée com um maçarico, eu queimo os dois com um maçarico pois é mais rápido, mais bonito e na minha opinião mais saboroso!! Temos ainda o creme catalã que segundo dizem os espanhóis é o primórdio do creme brulée (e segundo os franceses, uma simplificação do mesmo) que é feito com leite, ovos e açúcar, no lume tal como o leite creme e aromatizado obrigatoriamente com canela e casca de laranja, tradicionalmente em vez de se queimar faz-se uma placa de caramelo muito fina que se cola em cima do mesmo.



A minha sugestão é fazer um leite creme ou creme brulée aromatizado, já há muito tempo que faço creme brulée de manga que inventei, mas resolvi experimentar fazer um delicioso leite creme de tomilho que vi na vaqueiro. As opções para aromatizar um leite creme ao creme brulée são: através de infusões (juntar o aromático na altura de ferver o leite ou as natas para esta ganharem sabor e depois retirar o aromatizante), que é ideal para sabores mais florais e vegetais digamos assim, ou seja, tomilho, manjericão, lavanda...., ou então usar açúcar aromatizado (ver miminhos gastronómicos), e seguir a receita tradicional!!! Arrisquem, e para os meus queridos esquesitinhos não tenham medo que o sabor é muito suave, fica apenas um leve toque lá no fundo, que é muito agradável, que se traduz uma sobremesa já por si maravilhosa, numa esplêndida, leve e sofisticada sobremesa.... Bons cozinhados!!!


3 comentários:

  1. Gostaríamos de a convidar a participar no nosso passatempo no facebook: "Mycook - passatempo o seu segredo de Primavera". Participe e se ganhar a sua receita constará no nosso próximo livro de receitas.

    Obrigada,


    Mycook Premium
    O meu segredo
    [Consulte as regras em: https://www.facebook.com/notes/mycook/passatempo-mycook-o-seu-segredo-de-primavera-regras/200789619940206]

    ResponderEliminar
  2. Parabéns pelo blog, gostei de conhecer!!
    Cump.
    Sónia M.

    ResponderEliminar
  3. Sónia ainda bem que gostou, é sempre muito bom saber o feedback!! Muito obrigada!!!
    Cump

    ResponderEliminar