Como tudo, cozinhar tem diferentes conceitos, estes diferem de pessoa para pessoa, e com tal, há que goste, há quem não goste, há quem ache uma verdadeira seca e há quem adore... são opiniões, e apesar de cozinhar ser a minha verdadeira paixão, não torna este facto discutível... embora sinceramente me custe muito a perceber como é que é possível haver quem não se sinta contagiado pela fascinante arte de cozinhar, de conjugar aromas, sabores, cores e perfumes, de todo o ritual da preparação de um prato, da emoção e excitação de procurar um perfeito equilíbrio dos ingredientes e assim ver nascer novos sabores, pratos, cozinhas, de não ficar maravilhado com toda a alquimia, quase magia que se passa numa cozinha.... Mas, enfim são opiniões!! No entanto o que não é discutível é o prazer da mesa, porque sejamos sinceros, quem não encontra alegria em prato algum, têm um grave problema, pois o tempo em que a alimentação era um mero acto de subsistência já lá vai há muito.....  E assim porque o mundo da cozinha é vasto, para todos os que não gostam de cozinhar, para todos os que não têm tempo e para todos os outros não queria deixar de partilhar uma cozinha inventiva, original, alegre, colorida, musical, e muito... minha!!!

quinta-feira, 27 de Outubro de 2011

Teoria dos Pecados 2 - Os sete pecados

Ultimamente ando às voltas e reviravoltas com o meu novo projecto, que ainda não posso dizer ao certo o que é, mas que junta vários conceitos, um deles a cozinha saudável!! 

Durante o meu dia-a-dia deparo-me constantemente com cenas que me fazem crer que são mais que muitas as pessoas que confundem alimentação saudável com dieta!! E que, em particular as mulheres, vivem em constante dieta, e em constante desequilíbrio!!!  Já escrevi um artigo sobre dietas, e não me quero voltar a repetir muito sobre isso, mas acho mesmo que existem vários pontos fulcrais que  qualquer pessoa deve ter na cabeça!!

Em primeiro lugar, vai existir sempre, principalmente nas cabeças femininas, razões para estar de dieta, ou é porque está a chegar o Verão, ou é porque acabou o Verão e há bolas de Berlim e gelados para abater, ou é porque isto ou é porque aquilo!! Meninas, a sério?? Ainda tão nessa?? O que acontece é que ao viver nessa constante dieta, ao contar e recontar as calorias diariamente, vai fazer com que à mínima coisa menos "saudável" que se coma, se entre em paranóia!! E depois há outra coisa, todos nós sabemos que o fruto proibido é sempre o mais apetecido, e o que acontece é que quando começamos a programar o nosso cérbero, que só podemos comer isto ou aquilo, vamos ficar automaticamente com mais desejos de comer aquilo que supostamente não podemos!! O normal da questão, é depois de passar algum tempo a resistir à tentação, vamos acabar por comer em quantidades ainda maiores aquilo que não era suposto, e andar assim em constante desíquilibrio!! 
Não é preciso pensar muito para chegar a estas conclusões, e acho que no fundo todas as pessoas as sabem, mas infelizmente existe um dogma que nos deva a pensar que não podemos comer desta ou daquela maneira, porque só se elegante e linda de morrer com o corpo ou assim ou assado, enfim um sem número de coisas... Mas há novidades para quem não saiba: as modelos é que estão mal na maioria das vezes!! Não é obrigatório comer pouquíssimo e só poder comer um x numero de coisas e etc. etc..!! 
A regra mais básica que todos deviam saber, é que todos os metabolismos são diferentes, e por isso, há que desligar o botãozinho que liga às teorias mais estapafúrdias que nos são passadas diariamente, e aprender a conhecer o nosso corpo!! Só nós é que podemos decidir o que podemos ou não comer, mas isto sempre com um atitude equilibrada!! Com isto quero dizer, o mais certo a fazer é por as dietas de lado, e esquecer que existem, o que queremos é uma alimentação saudável, uma alimentação que seja equilibrada, que possamos comer de tudo um pouco, em quantidades razoáveis, sem nos fazer sentir culpadas, e algo que mantenha o nosso peso ideal.... e isso não é mais fácil do que parece, o segredo é estar atentas ao nosso corpo, rever o historial e alimentação que sempre tivemos (o corpo vive por hábitos) e ir estudando a melhor hipótese para si própria, e não nos reger por esta ou aquela alimentação que resultou com aquela pessoa, mas sim pensar sempre em primeiro lugar numa alimentação saudável e completa!!

Esta é a uma das bases da minha teoria das "dietas", que na verdade não incluí dieta nenhuma!! Deixem-se de loucuras!! Porque realmente não é necessário!! A outra regra base da minha teoria tem haver com os alimentos proibidos!! È tão básico ouvir que não podemos tocar em certos alimentos, que são veneno e trá lá lá!! Porque?? E se eu adorar chocolate, for completamente perdida, rendida, apaixonada, louca por chocolate??? Acham por acaso, que alguma vez na minha vida a minha dieta vai resultar durante muito tempo??? Além, de ficar infelicíssima!! A minha teoria é que cada pessoa, deve pensar nos alimentos/ingredientes que são a sua perdição, a estes eu chamo os sete pecados (é claro que não tem que ser mesmo sete)!! O segredo, é ver qual a quantidade mínima que "necessitamos", por exemplo eu sou louca louca por pão, por chocolate e por massa, mas enquanto o pão sinto que só fico verdadeiramente satisfeita se comer aí umas 3 vezes por semana, a massa,  provavelmente chega-me se comer uma vez por semana, ou de quinze em quinze dias!! E depois é só enquadra-los na nossa alimentação, se possível da forma mais saudável!!! Com isto quero dizer, um dos outros alimentos pelo qual sou perdidamente apaixonada é o queijo, se calhar em vez de escolher um queijo mais fraquinho e comer uma quantidade maior, escolho um queijo com um sabor forte, que já me permite comer menos quantidade!! Estes exemplos pequeninos acho que são indispensáveis para conseguir uma alimentação equilibrada, e para de certa forma também nós estarmos equilibrados, mesmo a nível da cabeçita, porque acreditem que a alimentação mexe com muitas coisas!!


Para acabar queria deixar-vos uma pequenina parte de um filme que eu vi há uns tempos, e que me deixou a pensar!! Pode parecer um pormenor parvo e sem importância, mas acho que é o suficiente para nos por a pensar!! Trata-se de uma modelo, supostamente linda, alta, elegante, boazona, sexy, apaixonada, com imenso sucesso, isto e aquilo, no fundo, aparentemente com todas as razões do mundo para ser feliz, mas que sofre de ataques de raiva!! Porque?? A resposta é muito simples: tem fome!! E uma coisa tão simples como esta, explica tudo, eu sou suspeitissima por adorar comida e cozinha e tudo mais, mas acho que não sou de todo, a única a pensar que comer bem, ter prazer à mesa, saber apreciar verdadeiramente uma refeição são um enorme prazer, e parte essencial da felicidade... e como um anuncio que anda aí diz, "O prazer faz-te bela"!! E como é verdadeiramente possível conjugar este prazer, com o peso ideal, para que todas as confusões, dietas, stresses, paranóias e etc.??? Como os brasileiros dizem: "Fique esperto!!", deixe de se guiar nas modelos e em todas as dietas que o mundo à nossa volta nos impinge, prefiram a um palminho de cara, vinte de testa e entretanto sejam felizes e cozinhem, cozinhem, cozinhem (ou comam comam comam - bem)!!! 

Até breve ;)

Sem comentários:

Enviar um comentário